Cristão de 97 anos louva a Deus na cama do hospital, pouco antes de morrer

Thaís , Publicado em 18/02/2018

Robert Earl Walters, membro da Igreja Batista Westside, chegou no fim da sua vida neste mundo mantendo a fé que teve durante toda sua caminhada como cristão. Com 97 anos, Robert era considerado um homem virtuoso e de muita força, não tendo muito do que reclamar da saúde, apensar da idade. Em certo dia, Robert se queixou um pouco de algumas dores. Os filhos, preocupados devido ao estágio avançado de sua idade, resolveram levá-lo para o hospital, mesmo sem a aprovação do patriarca. Já no hospital Ohio Health Mansfield, nos Estados Unidos, no último dia 11 de janeiro, Robert ficou cercado dos filhos, amigos e também do seu pastor. Todos estavam acompanhando seu quadro de saúde, mas também aproveitaram o momento para fazer uma das coisas que Robert mais gostava, que era louvar a Deus. Em uma gravação publicada no Facebook, Robert aparece com sua família e amigos louvando o hino “Grandioso És Tu” na versão americana. As cenas rapidamente circularam às redes sociais e comoveram milhões de pessoas, tocadas pela fé de um homem que apesar de enfraquecido, fez questão de prestar louvor à Deus. No outro dia, Robert acordou e disse para seu filho, Rick Walters, de 57 anos, que iria calçar os sapatos pois estava se sentindo pronto para deixar o hospital. Ele morreu logo em seguida. “Ele era simplesmente um cara bom, não estou dizendo isso só porque ele era meu pai, mas ele realmente era um cara incrível. Ele viveu seu cristianismo e sempre fomos à igreja, desde que me lembro”, disse o filho ao noticiário People. Em 12 de janeiro Robert faleceu e seu funeral foi na igreja onde foi membro a vida toda, uma semana depois. Além de dois de seus três filhos, 12 netos, 28 bisnetos e 25 trinetos, Robert deixou também um legado de fé e dedicação ao evangelho que serviu de exemplo para todos que conviveram com ele.

Outros posts como este